Conexão elétrica mais rápida e segura

Conexão elétrica mais rápida e segura

Uma das etapas que mais consome tempo na montagem de painéis é a passagem de cabos e a conexão elétrica dos aparelhos do painel.

Tipicamente, a fixação dos cabos nos aparelhos e componentes elétricos é feita por conectores a parafusos, tecnologia tradicional e extremamente popular. 

Entretanto, se o painel elétrico for muito denso, a interligação entre os diversos aparelhos e componentes pode ser bem demorada pela necessidade de se apertar centenas de parafusos.

painel com conexão a parafuso

Além disso, as conexões feitas com parafusos requerem manutenção periódica com reapertos, principalmente se instalados em ambientes com alta vibração e grande variação de temperatura.

Como eliminar esses inconvenientes?

Uma das soluções encontradas é a moderna tecnologia de conexão elétrica Push-in.

A conexão Push-in foi inventada na década de 70 originalmente para bornes e réguas de terminais. Posteriormente, sua aplicação foi ampliada para outros componentes e aparelhos eletro-eletrônicos.

Hoje ela é encontrada em ampla gama de produtos como fontes de alimentação, relés, sistemas de I/Os, CLPs, inversores de frequência, entre outros, tornando-se o padrão de conexão mais utilizado em painéis elétricos industriais.

Sistema de conexão Push-in

Essa tecnologia consiste na fixação dos cabos aos aparelhos e componentes de forma direta, simplesmente empurrando para dentro, “pushing in”, os cabos aos componentes. Essa conexão elétrica direta não requer o uso de chaves de fenda para se conectar.

Uma vez fixado, o cabo é mantido preso ao conector graças a um sistema de molas desenhados de tal forma que mesmo com o cabo sofrendo forte tração, este não se solta.

Caso seja necessário soltar o cabo da conexão, basta apertar o botão laranja com uma chave de fenda qualquer e o cabo se solta.  

Que vantagens esse sistema de conexão elétrica apresenta?

  1. Extrema rapidez na realização das conexões e fixação de cabos
  2. Dispensa o uso de ferramentas para conectar
  3. Mantém o cabo sempre fixado, eliminando a necessidade de manutenção periódica ou reapertos
  4. Elimina o risco de perda de parafusos, porcas e arruelas de aperto durante o processo de montagem ou desmontagem, minimizando riscos de curto-circuito.

Fonte: blog.phoenixcontact.com